domingo, 28 de agosto de 2011

Postado por umalguém às 19:36:00
Reações: 
0 comentários

[..]
- o dia está meio ruim, será que irá chover? Perguntou ele, como quem não quer nada.
- pouco importa como está tempo, só quero sair desse lugar, só quero voltar a viver como antes. Respondeu-lhe com uma voz fraca e um sorriso sem direção.
Ele sabia que poderia mudar a vida dela com todo amor que guardava durante tempos, mas também sabia que no momento isso poderia estragar tudo, afinal se ela soubesse que seu melhor amigo era completamente louco por ela, ficaria mais confusa do que estava e conhecendo ela como Artur conhecia, sabia que ela acabaria se afastando dele e isso era tudo que ele não queria como já havia dito, ele esperaria mais cem anos por ela, não seria necessário nenhum desespero, afinal eles tinham todo tempo do mundo.
- vamos logo, disse ela num tom de pressa.
Ela então, esperou Artur entrar primeiro no táxi, e logo que entrou foi logo colocando sua cabeça no seu ombro, Artur então, começava a puxar assuntos, contar piadas só para ter o privilégio de vê-la sorrir, sim era um privilegio, o simples fato de ela sorrir tornava o pior dos dias, no mais maravilhoso de todos.
- Chegamos ao aeroporto, disse o taxista.
Naquele instante ele percebe que ela havia adormecido e então pede ao taxista que leve as malas, enquanto ele a carrega no colo.
Entrou então, Artur agradeceu e pagou o taxista e foi logo para o embarque, entrou então no avião, sentou-se e ajeitou Lucy que ainda estava adormecida. Ele começava a se preocupar, pois ela havia dormido a noite, mas imaginou que ela estava então cansada, exausta e deixou-lhe dormir, o vôo era para perto, acreditava ele então que logo ela acordaria.
Teve uma turbulência, chuva e nada de Lucy acordar, Artur começava a se preocupar.
As horas iam passando e sua preocupação aumentando, logo que o avião posou pegou-a no colo e a carregou para um táxi, deixo malas e tudo mais, preocupava-se apenas em acordá-la.
- Pare no primeiro hospital, vá corra. Disse Artur em tom de desespero, seu medo de perdê-la começou a crescer e lagrimas já caiam do seu rosto, ele a abraçava e chorando pedia que acordasse, ele não sabia como isso havia acontecido, seu medo aumentava e seu desespero crescia. Chegando ao hospital, sem pestanejar invadiu o mesmo, pedindo que socorresen, logo vem uma médica e antes que ela perguntasse, ele diz.
- ela não acorda desde que saímos de casa, no avião, ela não acorda. Salve ela, é só o que lhe peço.
A doutora então, manda dois enfermeiros colocarem Lucy em uma maca, para que então sejam feitos exames.
Artur senta-se e com as mãos na cabeça, em lágrimas começa a se arrepender de não ter lhe dito tudo que sentia, [..]

sábado, 27 de agosto de 2011

Postado por umalguém às 21:28:00
Reações: 
0 comentários

HAHA
até o google, me ama née ..
eu sei, eu sei !

não aguentei , haha foi mal pessoas 
Postado por umalguém às 21:17:00
Reações: 
0 comentários

Era noite.
O céu estava coberto por estrelas e a praia estava composta por um enorme silencio que permitia que pudesse ouvir o barulho das ondas e o soprar do vento. Na imensidão daquela beleza, Lucy ia caminhando, observando detalhe por detalhe daquela noite. Ela achava, achava não, tinha certeza de que o adeus havia sido o melhor passo a ter dado. Algumas lágrimas cobriam seu rosto, ao lembrar que tudo poderia ter sido diferente, procurava não olhar para trás, pois sabia que o medo de arrepender-se viria. Naquele instante enquanto caminhava, ouviu um suave berro, de seu amigo, Artur.
- sua louca, venha amanha partiremos cedo, precisas descansar, por mais que seja perto,
Ela então o interrompe no meio da frase. sai correndo e atira-se aos braços de seu amigo e chorando lhe conta que havia acabado com a historia de vez e que podia enfim ir embora daquele lugar que só tinha lhe dado cicatrizes no coração. Ele então a abraça e a leva para o hotel.
Ela mal imaginária que Artur era completamente louco por ela, ele havia ficado feliz com aquela atitude de ter terminado com tudo que lhe prendia, e que então ela iria embora com ele, naquela noite, diferente das outras, ele não havia dormido, ficava imaginado e criando oportunidades de dizer a ela tudo que vinha sentido, mesmo que fosse rejeitado ele sabia que não desistiria, por ela esperaria cem anos.
Ao amanhecer, Artur, surpreendeu-se ao ver que Lucy, já havia se levantado, feito à mesa para o café e estava sentada na ponta do braço do sofá intacta, quando ela percebeu que ele a observava, sem se quer olhar lhe disse - as passagens estão sobre a mesa e friamente sorriu.
Ele então, aproximou-se e levemente beijou seu rosto e logo foi pegar as passagens, para não esquecerem. [...]


[continua amanhã]
Postado por umalguém às 21:15:00
Reações: 
0 comentários
pois então, desculpem o avastamento .. pra recompensar resolvi postar meu primeiro romance ..
já digo que, como é o primeiro deve ter algum erro é claro, mas peço consideração, por ser meu primeiro !

P.S começarei postando por partes, para não acabar ficando chato.

Dicas, comentários e criticas, serão bem vindas !

sábado, 13 de agosto de 2011

Postado por umalguém às 21:57:00
Reações: 
0 comentários

curtam o som e escolham também, as suas melhores coisas da vida!
por hoje, fui !
aah e feliz dia dos pais, papais *-*
em especial pro meu veio chato ^^

continuação das minhas 10 melhores coisas da vida.

Postado por umalguém às 21:55:00
Reações: 
0 comentários
iniciando, pela 5ª posição !

5ª - rapadurinha de amendoin da padaria ( não existe melhor )


4ª - ver estrelas


3ª imaginar desenho nas nuvens


dormir agarrada num urso[ ae , vai dizer que tem coisa melhor?
haha , eu digo, tem sim :P ]


1ª ? [ ta faltando ]


fim [aa]
Postado por umalguém às 13:43:00
Reações: 
0 comentários
to precisando ajeitar as coisas, organiza-las ..
mas eu nem sei por onde começar, como devo agir
pensar [..]


sexta-feira, 12 de agosto de 2011

Postado por umalguém às 22:09:00
Reações: 
0 comentários
eu tava vendo esses dias o filme As Melhores Coisas do mundo .. e depois comecei a ouvir a musica, que por coincidência tem o mesmo nome do filme, musica do Arnaldo Antunes .. e então, ouvindo-a  fiquei pensando em quais eram as minhas melhores coisas do mundo, e então resolvi pensar e pensar e postar aqui, começando pela 10ª posição até a 6ª!

10 - bala de banana


9 -  escrever


8 - amigos



7 - música


6 - entardecer



terça-feira, 9 de agosto de 2011

Postado por umalguém às 22:18:00
Reações: 
0 comentários

Postado por umalguém às 11:25:00
Reações: 
0 comentários
o
despertador
da vida
é a morte ..


segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Postado por umalguém às 21:23:00
Reações: 
0 comentários
no fundo desse poço ..

(   ) achei, algo que valha a pena ♪

( x ) nada , só me afundo ♪
Postado por umalguém às 21:19:00
Reações: 
0 comentários
to num daqueles dias onde a vontade é ter amnesia
ou até quem sabe dormir um leve e profundo sono onde eu posso
ficar sem ter no que pensar e no que lembrar, onde talvez eu posso voar
amar e esquecer todos problemas, todas pessoas inúteis que teimam em querer
fazer parte da minha vida ..
em breve resumo, gostaria de que por um momento eu pudesse apagar tudo e acorda, quando tudo tivesse no seu devido lugar !
é um sonho, eu sei ..
mas ah, enquanto for de graça ..
deixa eu sonhar .

como diz aquela canção dos Los hermanos:

" deixa eu brincar de ser feliz , deixa eu pintar o meu nariz .. " ♪


quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Postado por umalguém às 20:18:00
Reações: 
0 comentários
escrevo para tentar amenizar a dor de não te ter aqui comigo.
não ter teu abraço, teu beijo, teu jeito
esse teu olhar que me cega e me faz não almejar nada além de querer
te ter.
acredito em nós, mesmo tendo a certeza de que o universo e tua mente conspiram contra,
tenho fé de que em algum dia perceberás o quanto é grande
esse meu amor por ti [..]
se você não demorar muito, eu até posso esperar por você
para finalmente tu possas sentir tudo de tão belo que sinto por ti ..
espero realmente que esse sonho se realize, !

segunda-feira, 1 de agosto de 2011

Postado por umalguém às 21:07:00
Reações: 
0 comentários
hoje tava lembrando de uma vez, das tantas em que observei as estrelas.
simplesmente é uma das melhores coisas do mundo para mim, é algo que me faz sentir leve
e ponhe um sorriso em meu rosto.
Elas lá em cima, tao brilhantes, tão soltas e ao mesmo tempo tão presas, parecem-nos feliz ..
mas ai vem a chuva e leva elas embora, e isso torna tudo tão triste ..
por isso encaro a vida com as estrelas
elas tem tudo para brilharem, vem a chuva, pareço que jamais brilharam novamente
mas ai, elas voltam e com força e mais brilho do que nunca !
Postado por umalguém às 20:40:00
Reações: 
0 comentários


.. é como ter dez mil portas, com as mais diversas e melhores oportunidades e desejar que apenas uma se abra contendo apenas alguem, que fará de você a pessoa mais feliz do mundo [..]
 

rubber soul Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos