sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Postado por umalguém às 18:58:00
Reações: 
a dor parece não querer calar dentro de mim não é mais meu lugar sinto-me presa, insegura cansada, melancólica podia ser o belo dia que fazia na rua ou então o tempo que ia passando devagar, me corroendo por dentro fazendo com que lágrimas escorressem, sempre que tocasse tais canções ou sempre que eu ouvisse a batida de seu coração é de extrema tristeza ser só e mais triste ainda que isso, é que além da terrível solidão, vem junto o grande eco de minha alma, o vazio profundo que me deixas-te. quiseste-me junto a ti e me fui, se pestanejar e nem tanto planejar e sem que eu pudesse perceber, largasse deixasse-me só, aqui sangrando, jogada ao chão pedindo perdão por atos inexistentes [...] grito a espera que me ouças e voltes a mim, que dei-me uma razão qualquer pelo que fazes hoje comigo. Só queria isso. Sem mais!

0 comentários:

Postar um comentário

 

rubber soul Copyright © 2012 Design by Antonia Sundrani Vinte e poucos